Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Natal - A festa da mentira.

 Lembro, eu lembro de tudo ao meu entorno...
E entorno-me em lágrimas fecundas.
As lágrimas da ternura natalina...que esconde...
A realidade ultrajante da infância.
Daquela minha infância tão rica...e cheia de ilusões.
Onde a aventura natalina ressurgia por entre véus...
Coloridos...que me embriagavam o cetro.
Meu nome, minha família, e minha ditadura.
No meio da outra ditadura cheia de falsos moralistas.
Eu lutei por verdade, debaixo da tortura.
E hoje a geração drogada oriunda desta dita...
Sucumbe analfabeta, e morre aos 15 portando...
Um galaxy S. 1000.
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 19/11/2014
Código do texto: T5041404
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3458 textos (122673 leituras)
196 áudios (9325 audições)
3 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/19 12:37)
Valéria Guerra