Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quantas vezes escutei a mesma música!

Quantas vezes eu tentei falar, desses sentimentos refreados.
Quantas vezes silenciei a decepção, a tristeza e minhas dores.
Pois assim são vistos os preparados(as).

Quantas vezes escutei a mesma música!
Derrubei as mesmas lágrimas.
Desalenta e sozinha não apartei-as com ninguém.
Escrevendo esses poemas e traçando as mesmas rimas.

O mesmo pensamento assola minha
memória.
Nenhuma conquista e nada melhora!
Queria conter em reminiscência toda essa derrota.
Mitigar as dores até a última gota.

Quem dera calar a voz adentro.
Apreciar o pôr do sol e despedir de todo lamento.
Hoje ouvirei as mesmas músicas e enfaro sufocar esse momento.



 


Eli Bernardo
Enviado por Eli Bernardo em 19/06/2017
Código do texto: T6031281
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eli Bernardo
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 35 anos
117 textos (1265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 17:14)
Eli Bernardo