Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças.

Essas lembranças que me vêm a todo tempo
Vêm, vão e voltam como rajadas de vento.
Não consigo controlar, dominar esse movimento.
Minha mente torna-se um moinho, um cata-vento.
É todo um tormento que não agüento.
Parar, desviar, sublimar, tenha certeza: eu tento!
Porém, ainda não encontrei o ungüento,
Quem me fará curar desse sofrimento.
Devo buscar num passa-tempo
Motivo tal para finalizar esse sofrimento.
Que me venha alegrar e trazer contentamento.
Voltar a viver o cumprimento
Mesmo não sendo rápido, mesmo a passos lento.
FÁBIO BARBOSA
Enviado por FÁBIO BARBOSA em 22/10/2005
Código do texto: T62198


Comentários

Sobre o autor
FÁBIO BARBOSA
Olinda - Pernambuco - Brasil, 41 anos
127 textos (8554 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/10/20 02:45)
FÁBIO BARBOSA