Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM CHORAR:

Sem chorar:

Na porta da igreja...
Coberta por pétalas de rosas
Apenas eu, mais ninguém.
Sentado ali no chão.
Sem chorar,
Perguntava-me, porque?
Não tinha respostas.
Nos meus pés, jogado estava.
Aquele buquê de flores.
Talvez por superstição.
Não ouve quem o pegasse.
Para no futuro não ter azar.
E não ter que sentir.
O que sinto neste momento.
Ao ver a mulher que amei,
Com outro se casar.
Num jogo de interesses.
Deixar, a quem dizia amar.
A noite chegou,
Com ela veio a chuva.
Molhando meu rosto, uma lágrima.
Enquanto eu chorava por ela.
Triste, o céu chorava por mim.

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 22/10/2005
Código do texto: T62454
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (155163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/11/20 12:22)
Volnei Rijo Braga