Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que eu permaneço acordada?

Vem a noite, e me incita o desespero
Vem a noite, e ri da minha cara
Mas, se eu sou tão infeliz
Se a maça eu mordi
Por que eu permaneço acordada?

O meu rosto traduz um pesadelo
Com suas notas sinistras ele me embala
Mas, se eu não posso sorri
Se no escuro me perdi
Por que eu permaneço acordada?

Traduzo minhas dores em palavras
Da vida já perdi o enlevo
O que escrevo só provoca desalento
Por que eu permaneço acordada?
Poetisa da Noite
Enviado por Poetisa da Noite em 31/08/2007
Código do texto: T631754

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa da Noite
Santos - São Paulo - Brasil
135 textos (11314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:49)