Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um morto

Sou um morto
Alguém que se foi.
Tive uma morte lenta e dolorosa
Fui morrendo para as pessoas
que me amavam, uma por uma.
Hoje guardo as belas lembranças
de quando vivi.
Fui amado, respeitado, honrado,
admirado e até invejado.
Amei e fui amado...
Agora, caí no esquecimento
assim como acontece com todos os mortos.
Mas guardo comigo tudo que aprendi e vivi
na minha efêmera vida
e vejo tudo diferente agora,
talvez não acreditando mais no que já acreditei,
no amor...
Quem olha nos meus olhos
não vê mais aquele brilho...
e ficam admirados em saber que morri!
Eduardo Ferreira
Enviado por Eduardo Ferreira em 08/09/2007
Código do texto: T643267
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Ferreira
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
11 textos (655 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 17:14)
Eduardo Ferreira