Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Mistério Do Coração

Recordo o sacramento selvagem da dor.
E a melancolia, recitada na ausência.
Grudo gritos na quimera sem amor,
Num momento, de mágoas imensas.

Perdôo a morte em seu negro abraço,
Mergulho na sombra dos mistérios.
Singro os oceanos febris do espaço,
Onde sóis são misticos minérios.

O alcatrão da noite tinge meu abraço,
Músicas embalam o berço do abismo.
Simulo idéias, ao encontrar os astros
Que iluminam o meu pessimismo.

A cor exaurida de tristes simetrias,
Esmaece nas mãos da escuridão.
Na mais profunda das melancolias
a transcendência morre numa oração.

Surjo em meio as feridas mais fundas,
Gritos incendeiam meu lírico sonho.
Recordo as sombras mais profundas
Deste universo que agora componho.

Meu peito é um sarcófago velho
Onde dorme uma múmia de ilusão.
Sinto as melancolias do mistério
Enraizarem-se no jardim do coração!
Luis Felipe Saratt
Enviado por Luis Felipe Saratt em 15/09/2007
Reeditado em 05/10/2008
Código do texto: T653633
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Felipe Saratt
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 36 anos
61 textos (1090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:48)