Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS MEUS MEDOS

Os meus medos são muitos,
Tenho medo dos invasores,
Meus medos são os temores
Que me ferem sem preceitos.

Tenho medo de tanta coisa,
Que me poderá acontecer,
E eu nunca o poder evitar,
Até ficar sob uma fria lousa.

Hoje não se vive sem medos,
Os tempos são muito incertos,
Por serem dos mais espertos,
Que são cruéis e matreiros.

Viver com medos não é defeito,
É viver à procura do meu jeito
Pra enfrentar os depredadores
Que são tão ferozes invasores.

Não me envergonho dos medos
Que tenho, é sinal de que vibro
Com tudo o que de mal sucede,
Temendo a mordidela de víbora.

Ruy Serrano - 03.01.2019
Ruy Serrano
Enviado por Ruy Serrano em 03/01/2019
Código do texto: T6542013
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ruy Serrano
Portugal, 83 anos
2025 textos (18251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 00:28)
Ruy Serrano