Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prisão sentimental

      Prisão sentimental...

Você olha a sua volta silêncios,
Ouve os ecos de sua alma em lamento,
O que fazer se tudo parece sem solução?
O egoísmo alheio não vê teu coração,
Abismos constrangidos de pensamento,
Tristezas aos milhares no peito,
Quem de fora olha acha que tudo é perfeito,
Mas nas quatro paredes só sofrimento,
Você conta com o olhar divino pra te acalmar,
Pra não alçar voos pra não voltar,
Você não ama mais e não pode fugir;
Aprisionado ao descaso não pode sumir,
Se agarra a vã esperança que tudo mude,
Pra que num acesso de raiva você tudo chute,
Mas as horas passam, os dias passam
O ano finda e as rotinas voltam,
Os céus te escutam em oração e você chora,
E ao Todo Poderoso implora
Para que os grilhões sejam cortados,
E da prisão sentimental seja libertado,
Recomeços te esperam corações irão te encontrar
E talvez nesta busca toda você venha novamente amar.

Valéria Lopes

Valéria Lopes
Enviado por Valéria Lopes em 05/01/2019
Código do texto: T6543635
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Lopes
Caçapava - São Paulo - Brasil, 48 anos
559 textos (14340 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 01:09)
Valéria Lopes