Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tristeza desavergonhada

2 da manhã, ainda acordado, sem sono e sem vontade de dormir, já entrei em todas as redes e nada me interessou, troquei e voltei a trocar fotos de perfil, de nada adiantou... Decidi pegar em um lápis e uma folha A4 para escrever qualquer besteira, senti que aquele papel branco escorregava querendo fugir de mim e o lápis mostrava resistência entre os dedos como quem não quisesse borrar as entrelinhas do espaço em branco com a cor das minhas tristezas... Sem opção, decido voltar para cama, apago a luz do quarto para tentar forjar um abismo, boto os fones nos ouvidos, para o meu azar, a música é aquela que me obriga a se manter acordado... E para o meu espanto são agora 2:35 da manhã e ainda me vejo escrevendo este texto, terei problemas amanhã no serviço, mas confesso que não foi culpa minha.
gil gonçalves
Enviado por gil gonçalves em 30/08/2019
Código do texto: T6733101
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gil gonçalves
Angola, 33 anos
8 textos (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 08:19)
gil gonçalves