Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPESTADE DE AREIA, FIM DE SONHO LIBERTÁRIO

Sinto-me agora impotente e inútil
Para resolver os problemas do mundo,
Cansado, exausto de todo esse modo fútil
De ser e pensar, que se alastra a cada segundo ...

Há dores reais, não são filmes no cinema
E eu, que tanto cantei viver vale a pena,
Só agora atinei, sim, há dores reais
E elas têm, sempre, endereço certo,
São sempre os mesmos ( e estão por perto)
E, feito tempestade de areia, são sempre mais.

Rochas desfeitas em grãos geram novos grãos ...
Palidez comparativa, as intempéries humanas
Agravadas pelo mal da senhora intenção
E meu peito cativo chora, dói,se inflama ...
Camilo Jose de Lima Cabral
Enviado por Camilo Jose de Lima Cabral em 06/09/2019
Código do texto: T6738459
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Camilo Jose de Lima Cabral
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 57 anos
704 textos (12087 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 14:55)
Camilo Jose de Lima Cabral