Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Monólogo Póstumo a Dois

Penso em tantas coisas para nada,
 
Tento muito e não chego a lugar algum.
 
Pensei então em parar totalmente de pensar,
 
Aniquilar essa possibilidade de apenas tentar.
 
Já não espero por mim mesma apenas lutar,
 
Nem quero entender o que é preciso.
 
Hoje não suporto tentar e não quero nada,
 
Por isso não falem e nem opinem pra mim.
 
Pois tenho total direito de não querer lhes ouvir.
 
Já me basta as vezes que ouço a murmurar,
 
Que nada entendo mesmo querendo escutar.
 
Ta bem, compreendi tudo por cá,
 
Oh! Mente insana que insiste em conversar.
 
Compreendo eu mesma, mas não quero entender,
 
Se sou louca finjo e corro de mim até cansar.
 
A estrada foi tão longa, mas não pude me conter,
 
Exterminei você de mim, e eu de você.
 
Paloma Stella
Enviado por Paloma Stella em 04/10/2007
Código do texto: T680271

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Paloma Duarte Stella Bosso). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paloma Stella
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 31 anos
18 textos (1124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 04:10)
Paloma Stella