Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"Por Pouco, o Amor" = Poesia de Tristeza=

Ela tomou uma atitude drástica
Vendeu o seu único apartamento
E investiu tudo em uma plástica
Bem caprichada no repuxamento

Ficou belíssimo o nariz afiladinho
A boca sensual, bem contornada
Todo seu rosto ficou bem lisinho
E por si mesma ficou apaixonada

“Meu Deus! Estou linda, e demais
Vou abafar, de inveja vou matar
Arranjarei namorado bem rapaz
Agora eu vou botar pra quebrar...”

Logo primeiro apaixonado surgiu
Belo e jovem como ela desejava
Quando ela seu sorriso retribuiu
Percebeu que sua perna esticava

“Bobagem...Deve ser impressão..”
Alargou ainda mais o seu sorriso
Sentiu na perna inegável repuxão
“Devo estar perdendo o juízo...”

Belo, jovem, espirituoso demais
O rapaz em piadas não era fraco
Rindo, ela jogou a cabeça pra trás
Coitado!! Que pontapé levou no saco!!!

Claro que é poesia de tristeza.
Quer coisa mais triste que um
pontapé lá?
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 20/10/2007
Código do texto: T702242

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 70 anos
1392 textos (192826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:22)
Fernando Brandi