Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Vidro

Por Deus! era só uma borboleta,
Qual necessidade sarcástica a jogaria
Contra a superfície rígida
Rigidez do vidro no meu carro
Um vidro inocente, lateral, parado.
Por Deus! Qual que é a metafísica disso?
Confesso que fiquei assustado,
Num primeiro momento junto ao estalo
Logo, me senti bem pelo vidro fechado.
Mas a borboleta não voou mais
Culpado, o réu é culpado.
Pelo vidro estar fechado.
Qual a metafísica da minha culpa?
A minha volta até uma formiga no vidro
Parecia ter dó, pelo meu ato, dó de mim.
Por eu ser tão cruel, tão imperfeito.
Deus tinha vergonha de ter me criado
Por Deus era minha borboleta.
Por Deus qual á metafísica disso?

JOTA "Luto"
Caminhos da Madrugada,.
Jota Reis
Enviado por Jota Reis em 27/11/2007
Código do texto: T755484
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jota Reis
Atibaia - São Paulo - Brasil
14 textos (391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 00:49)
Jota Reis