Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Amor acabado"


Como é triste amar e não ser correspondido,
Ter o coração cheio de amor, uma união que o Deus abençoou;
E o homem que tanto amo, tem outro amor escondido.
No dia em que nos casamos jurou-me amor, hoje tudo acabou.

A dor dentro do meu peito é imensa, causou-me uma ferida.
Que dói e machuca cada vez mais, cravou em mim,
Um punhal que jamais esquecerei esse dia que ele pôs um fim.
Saiu de casa, como se um dia fosse voltar, me dando a esperança;
Infelicidade; nunca vou deixar de pensar na sua partida.
Sou eu e meu único filho, a tristeza domina o olhar dessa criança.

Tínhamos uma vida juntos em nossa casa, que saudade,
Família reunida, feliz (pai, mãe e nosso filho) nessa cidade.
A desilusão parte meu coração, machuca minha alma;
Ferida que jamais irá cicatrizar, no coração de quem ama.

Longe muito longe ele está, com outra do lado muito feliz.
Nas fotos, na internet, pobre de espírito não sabe o que ainda virá.
Esquece que uma planta só cresce se tiver profunda raiz.
São minhas lágrimas que descem pelo meu rosto hoje; amanhã sua vez será.

Maltrata meu pobre coração, humilha quem tanto ele ama.
Arrependimento um dia ele vai sentir com certeza;
Vai lembrar do sofrimento que me causou, a solidão é uma tristeza.
Homem por homem irei esquecer só o tempo me acalma.

Lá muito distante de nós foi morar.
Com voz alterada diz que deixou de me amar.
Que nunca, jamais irá voltar.
Que por sua volta não preciso esperar.




Eliz
          06/12/07



Eliz Regina
Enviado por Eliz Regina em 06/12/2007
Código do texto: T766886
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliz Regina
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
224 textos (15873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:39)
Eliz Regina