Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não morrer de amor...

Por que não vivemos para nós ?
Por que vivemos às vezes sem respirar ?
Por que sou tão frágil ?
Por que se sentir tão mortal ?

Por que não me amam ?
Assim como já amei ?
Por que não me deixam deixar ?
Eu só quero amar !

A vida não se fez como a música.
Nem como o livro ou a novela.
A vida não é como o filme.
A vida parece mais um crime.

Por que ser forte por todos ?
Sempre fico para último plano.
Para mim não fizeram um plano.
Será que sou um engano ?

Eu esqueci de mim.
Se esqueceram de mim.
Estou esperando talvez.
Chegar o meu fim.

Deixaram me envolver de amor
Deixaram me assassinar
Minha pessoa não servia
E o teu amor me salvaria

Hoje sou só escuridão
Criaram um vazio no peito
Conseguiram destruir
O amor que morava em mim.

Agora vivo assim
Um dia vivo
Um dia não
Não haverá luz para tal escuridão

Espero agora o meu fim
Mesmo sem o começo
Melhor mesmo é ir embora
Deixar de ser o tal tropeço

Vão dizer ela se foi
Não se lembraram de eu ter chegado
De mim somente sobrou
Olhos tristes e cansados

Não morri de amor
Morri...esperando-o
Meu tempo se esgotou.
Tchal...já vou !

02/10/1989
Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 31/12/2005
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T92601
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
102 textos (15922 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/04/21 10:28)
Paula de Lima