Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apalpe como Puder

Quando o vento beira mar beira em mim
Beira-me um arrepio contente de estar assim
Tranquila, serena e sem fim

Basta-me estar, basta-me ser
Pois basta-me sentir saber
Qualquer coisa de água fresca
Areia molhada e sol existente

Tudo quanto é novo hoje é tudo tão familiar
como um ciclo de ondas que voltam
vou avançando conforme as marés
construindo novos castelos, desenterrando tesouros
e apalpando a imensidão com os meus pés.
Caroline Natalie Stroparo
Enviado por Caroline Natalie Stroparo em 05/09/2011
Reeditado em 25/08/2012
Código do texto: T3201236
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Caroline Natalie Stroparo
Curitiba - Paraná - Brasil, 31 anos
88 textos (6162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 20:05)
Caroline Natalie Stroparo