Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERNURA DIVINA

Tentei falar de amor. Ah! Engano...
Tentei o carinho então. Até parece!
Acabei por fazer uma prece,
Pedindo a Deus um acalanto.

Antes, mergulhei em minh'alma, mas... que dor!
Encontrei a solidão, o vazio,
Encontrei a escuridão, o frio,
Encontrei a pedra no lugar da flor!

E, em minhas preces, o Senhor,
Ouvindo-me, perguntou:
_ Que queres, filha? Por que choras?

Procurei respostas, mas, não encontrando
Voz para responder, aproximei-me muda
E, em Seu ombro, derramei meu pranto!
RÚBIA BOURGUIGNON
Enviado por RÚBIA BOURGUIGNON em 03/10/2005
Reeditado em 24/08/2006
Código do texto: T56064
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
RÚBIA BOURGUIGNON
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 58 anos
193 textos (21443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/20 17:19)
RÚBIA BOURGUIGNON