Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

calafrio


nas labaredas insinuantes,
um navegante solitário,
arredio e sensitivo,
arremessa as redes do destemido pudor.
encantam-se as sereias,
num colapso medonho,
de partículas medianeiras
do pranto corrosivo
 da humana saudade.

dragão das ventas fartas ,
do fardo , do fogo, das alegorias ,
estende a cauda estonteante ;
freme na insônia do mundo.
urdidura de decrépitos ,
afugenta as dores ,
corrói a sofreguidão, desse mundo caduco.
                                                          GARDÊNIA
gardênia
Enviado por gardênia em 01/11/2007
Código do texto: T718739
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gardênia
São Paulo - São Paulo - Brasil
398 textos (11602 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 17:52)
gardênia