Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Sou um ser errante
Anjo e demônio
Um ser hoje
Que só vaguei
Na negra noite
Nada procuro
somente
Percorro a noite
A sentir
A magia
Do mundo
Tanto na luz
Como nas negras trevas
Guerreiro eu sou
Não corro para a guerra
Pois guerras sem sentido
Não me atraem
Mais se necessário
Que eu vista
Minhas negras vestes
Eu as visto
E como guerreiro
Que sou
Vou a luta
Se cair levanto
Pois cada queda
Torna-me mais forte
E mais decidido
Cada cicatriz
Deixa sua marca
Na pele
E ate na alma
Mais por mais profunda
Que seja a ferida
Ainda assim
Guerreiro que sou
Não esmoreço
E novamente vou a luta
Pois a própria magia
Do mundo
É que me alimenta
Eu sou feito
De fogo
Nas forjas
Do início dos tempos
Eu nasci
E o fogo que me deu vida
Jamais se apagara

Estou sou eu
Sal Eterno Aprendiz
Enviado por Sal Eterno Aprendiz em 03/11/2007
Reeditado em 03/11/2007
Código do texto: T721531

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sal Eterno Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil
550 textos (32454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 13:57)
Sal Eterno Aprendiz