Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Remando, Rumando e Rimando

Devany A. Silva


Lá vem um navegante de águas turvas
equilibrando seu barco nas corredeiras.
Vem remando, rumando e rimando,
procurando por águas sereneiras.

Segurando com firmeza no timão
e prosseguindo a viagem com atenção,
ouve do Sábio a direção:

“Quando aparece a escuridão,
dizem que o Sol se foi.
Na verdade o Sol nunca se vai
e seu reflexo, através da Lua,
continua sua missão.

Chega o dia e passa a noite,
mas há sempre o Sol com seu clarão
e nessa Luz, meu bom irmão,
eu encontro a Visão
do Senhor da Criação.“.

Ouvindo o Sábio,
pergunto-me com emoção
e também com devoção:
Será que o Grande Sol,
que é a mais Pura Clareza,
vem nos lembrando que a grande lição
é acender a Luz do coração
e aprender a conservá-la acesa?

(do livro ALGUNS VERSOS, TALVEZ POESIAS... - Devany A. Silva)

 
Poeta Devany
Enviado por Poeta Devany em 18/11/2005
Código do texto: T73123


Comentários

Sobre o autor
Poeta Devany
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
56 textos (3420 leituras)
3 áudios (185 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 10:01)
Poeta Devany