Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A dor de um pai, que perde o seu filho.



Não, não pode ser!
Quantas vezes meu filho,
Tu dentre aos filhos meus
Membro da minha família,
Ouvias a Palavra de Deus,
Em culto doméstico.
Mas em um dia como em uma novela
Escrita por um dramaturgo irônico,
`a rebeldia se entregou.
Você cresceu e conheceram, o sexo, as drogas e desconheceste a Cristo,
Não era mais uma Igreja, e sim, um grande apostata,
Perdeste a sua salvação.
Hoje o teu corpo em meus braços,
Banhado num sangue rubro,
Mais rubro e real do que o sangue virtual de seus jogos virtuais.
Douglas Q Stemback
Enviado por Douglas Q Stemback em 30/09/2005
Código do texto: T55097
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Douglas Q Stemback
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 43 anos
487 textos (21454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/21 10:52)
Douglas Q Stemback