Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A volta do filho pródigo

A volta do filho pródigo
Inspirada em Lucas 15:11-32

Numa certa terra muito distante
Andava um pobre jovem judeu,
Que toda a sua herança perdeu,
Faminto por ser tolo e ignorant.

Toda a sua herança esbanjou
Em grandes banquetes e orgias.
Ficou na miséria em poucos dias,
Com fome a casa paterna voltou.

 Ao ponto de porcos ser guardador,
Coisa odiosa para um jovem judeu.
Nada tinha, podia dizer que era seu
Na casa de meu pai, um servo tem valor!

Assim um dia pensou arrependido,
Tudo perdi loucamente, vou voltar
Para o aconchego do paterno lar,
Rogar perdão a meu pai querido.


Assim resolveu voltar um certo dia,
O pai cheio de intima compaixão,
Correu ao ver o filho deu-lhe o perdão,
Para ambos houve uma grade  alegria.

O velho pai festejou aquela chegada,
Preparando uma festa para comemorar.
A chegada daquele filho, por ele voltar
Aquela data para sempre seia lembrada.

Mas o irmão mais novo discordou,
Pelo pai receber o filho arrependido.
Dizendo: Sempre te tenho  servido
Festejas a chegada do que tudo gastou.

Nem um cordeiro para festejar com os amigos,
Nunca deixei de trabalhar na tua herdade.
Mas a este que tudo gastou na realidade,
Mas eu sempre  respeitei habitos antigos.

Mas o pai fez-lhe ver a sua ideia errada,
Do filho mais novo, ingrato e ciúmento.
O teu irmão estava perdido no momento,
Voltou arrependido, festejemos a chegada.


Moral desta parábula para nós pecadores!

Todos nós, não passamos de filhos perdidos,
Porque sofremos, pois somos pecadores.
Pois não há um justo, seja lá por onde fores,
Jesus está convidando, a voltar ao Pai querido.
Aceita já Jesus como teu Salvador verdadeiro,
Então pelo nosso Pai celestial será recebido.

J. Rodrigues (Galeano) 20/04/2017
 
 
Galeano
Enviado por Galeano em 23/04/2017
Código do texto: T5979168
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
682 textos (112448 leituras)
14 áudios (2011 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 16:08)
Galeano