Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo


Meu Deus! Permita-me,Senhor! Como tua palavra diz e quero lhe dizer que:

Sinto em meu coração que o amor de muitos estão se esfriando
Sinto há cada dia que o mal quer engolir o bem
Até uns tantos de uma sensibilidade e uns tantos de um coração puro também!

Estão se desvirtuando para o lado do nada,o lado de ninguém
Onde mais tarde não poderás gozar do interior do teu lindo céu
Do interior destes corações já estás consumado o desdém

O bem não têm mais tanta importância para estes,não tem!
A caridade,o amor ao próximo e ao seu também
Tudo é olhado com relaxo,tudo é feito com descaso...

Meu Deus! 
Lhe agradeço ó Senhor pelo desabafo!


Claudemir Lima


Claudemir Lima Poesias
Enviado por Claudemir Lima Poesias em 07/12/2007
Reeditado em 29/06/2008
Código do texto: T768246
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudemir Lima - Não é permitido modificar esta obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claudemir Lima Poesias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
618 textos (195377 leituras)
441 áudios (137219 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 18:41)
Claudemir Lima Poesias