Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PATO DOIDO

Para fugir de um ensopado
Prá lá de apimentado
O pato doido, deu no pé...
Quase caiu na boca do jacaré
Que não o comeu por causa do chulé.
Encontrou um gato prá lá de doméstico
Que escrevia texto poético
Rimando olhos com repolhos.
O patão comeu ração
De montão
E no pescoço
Ficou um caroço
Engasgado, caiu no poço
Com o rabo molhado
Voou pro telhado
Recém pintado.
Algumas ricas plumas
Ficaram pintadas
A tinta secou
A asa colou
E o pato doidão
Suave ave
Não mais voou.
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 27/05/2005
Código do texto: T20103


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952793 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/07/20 05:12)
Denise Severgnini