Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                             Estrelas...

                 Luiz CLaudio Bento da costa.

A história dessa poesia é muito legal, estava eu no meu serviço e as minhas duas sobrinhas foram me visitar, lá brincando com elas, as duas com 10 anos, inventei a brincadeira de falar frases, assim nasceu essa poesia , em que elas se divertiram muito e eu adorei.Uma se chama, Jhenifer e a outra, Carol.

Claudio. Simples como as estrelas.
Jhenifer.Simples a estrela no céu.
Carol.Como os paralelepípedos duma rua.
Carol.São gigantes os paralelepípedos.
Claudio.Quando passam a flanar...
Claudio.E os meus olhos iluminados vêem assim...
Jhenifer.Voando brilhantes para o céu das estrelas.
Jhenifer.Estrelas lindas que voam no céu.
Jhenifer. Porque sou iluminada pela luz.
Carol.Eu gosto de brincar com elas.
Carol. Porque é divertido brilhar junto.
Claudio. Esse astral me envolve por completo.
Claudio.Na rua o meu céu é logo ali.
Carol. Eu olho para o céu dia e noite.
Jhenifer.Porque eu adoro olhar para o céu.
Jhenifer.As lágrimas de emoção rolam no meu rosto.
Carol.Elas vem me visitar aqui na terra.
Jhenifer.Sempre que podem vir me ver.
Jhenifer.Eu não posso fugir dos olhos delas.
Carol.Onde eu vou elas estão brilhando.
Claudio.Meus passos que não dou continuam assim.
Jhenifer.Estrelas do céu.
Jhenifer.Estrelas minhas.
Carol.Estrelas da minha rua.
Carol.Uma estrela é só minha.
Carol.Estrelas estrelinhas...

Jhenifer, Carol e tio Claudio.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 03/09/2007
Reeditado em 03/09/2007
Código do texto: T636861
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
737 textos (27003 leituras)
1 áudios (179 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 03:47)
Condor Azul