Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem despedida



Quando penso na noite passada
minha minha alma fica agitada
querendo reencontrar você
para que eu lhe veja
comigo bebendo cerveja
e reviver momentos de prazer
Quando penso na noite passada
e na vontade não censurada
imagino quando te possui
meu corpo acariciado
suado, arranhado
satisfeito do que senti
Quando penso na noite passada
penso na pessoa amada
que ama a mesma pessoa
a imaginação não poupa
quando tiramos a roupa
e seu gemido no meu ouvido ecoa
Quando penso na noite passada
penso numa bebida, numa risada
de quem se gostava
com diversas declarações
de prazeres e emoções
a saideira não acabava
Quando penso na noite passada
e no bocejo de pessoa cansada
percebemos que estava tarde
não tínhamos mas tempo nem espaço
como se eu perdesse um pedaço
como uma ferida que arde
Quando penso na noite passada
marcando a próxima rodada
penso que a noite não termina aí
penso continuar pensando
está ao lado te amando
sem precisar se despedir
Lírico Etílico
Enviado por Lírico Etílico em 20/10/2008
Código do texto: T1238200

Comentários

Sobre o autor
Lírico Etílico
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
21 textos (475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 09:50)