Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na brevidade da vida...

Na brevidade da vida
já perdi tanta coisa...
...tantos sonhos não vivi,
nem mais poderei viver...

...as danças da escola
que ninguém queria dançar comigo...
...as brincadeiras na hora do recreio
que ninguém me chamava pra brincar...
...os amores da juventude
que nunca me amaram...
...os poemas inacabados
que a inspiração não curou...
...os abraços e sorrisos
que não aprendi dar...

Na brevidade da vida
só perdi e chorei...
Só amei em poesia,
pois a realidade é fria...

Na brevidade da vida
eu chamei mais ninguém me ouviu...
Eu cheguei e já vou
e você nem viu...
Poeta Devaneador
Enviado por Poeta Devaneador em 16/06/2006
Código do texto: T176347


Comentários

Sobre o autor
Poeta Devaneador
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 33 anos
82 textos (3918 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/04/20 18:16)
Poeta Devaneador