Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRANÇA DE MIM


Não quero ser lembrado
como um anjo
dourado,
nem como um padre rezando missa
resignado,
ou aquele que assobia
-filho de lagartixa...
Lembrem-me
como alguma coisa
que modifica o universo.
Imprevisível,
como mágico em seu picadeiro,
como filho do Chico Barbeiro...
Ou apenas
como reticências,
mito, manto e véu
indizíveis poemas,
dissonantes,
campo magnético entre o inferno e o céu.


Wildon lopes
20/05/2006

WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 17/06/2006
Código do texto: T177235
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
276 textos (17904 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/03/21 01:50)
WILDON LOPES

Site do Escritor