Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Cariri



Por muitos lugares já andei.
Alguns morei, outros apenas visitei.
De alguns eu gostei.
Já há outros nunca mais voltei.

Lugares em que sozinha me senti,
E sem dificuldades eu parti.
Mas tem um lugar, cujo eu saí dele.
Mas ele nunca saiu de mim.

O meu Cariri, lugar que amo e adoro.
Pedaço de chão que me faz recordar.
E quando meu corpo que descansar,
Pro meu Cariri eu quero voltar.

Saudade eu tenho,
 De acordar com a zoada dos chocalhos, das ovelhas,
Dos bodes e do gado.
E vovó me dizendo, levanta, escutou o canto do galo?!

E lá todo mundo se conhece.
Dá vida um do outro é perito.
Sabe o dia e a hora que nasceste
E até aonde jogaram teu umbigo.

E lá não falta um café,
Nem uma rede, que é pra tirar aquele cochilo,
Que depois do almoço,
 Passa a ser um vício.

 Lá à tardinha,
os amigos se ajuntam no alpendre a conversar.
Dar risada e contar história,
Pra quem quiser acreditar.

Lugar simples, mas hospitaleiro.
Que pra o sujeito não gostar,
Só pode ter nascido doente,
Ou com grande defeito.

Lugar bom é assim.
É igual ao meu Cariri.
Que eu saio dele,
Mas ele  não sai de dentro de mim.

Vermelho de Mulher
Vermelho de Mulher
Enviado por Vermelho de Mulher em 31/12/2017
Código do texto: T6213586
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Vermelho de Mulher
Cabaceiras - Paraíba - Brasil, 36 anos
6 textos (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 12:57)
Vermelho de Mulher