Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma canção

Uma canção




Ouvia uma canção,
minha alma se dava ao chão,
de ouvidos ao passado,
aquilo fôra um achado,
de milagre,
de incomensurabilidades.
E fôra...

Até que foi, e se foi.
Agora, eu,  ao chão,
de todo,
de alma e espirito.

Tanto que lutei,
tanto que ainda luto,
embora já de luto.

Já nem traço caminho,
e,
ouço uma canção,
bem singela,
pensando naquela,
naquela que me viveu,
e,
que dizem,
morreu.

Não acredito,
demonio maldito,
me faço descarado,
eis a desfaçatez.
Ainda encontro um fato,
eles estão por aí,
alguma coisa me pertence,
que seja um  unguento para esses dias.



Teobaldo Mesquita

Teobaldo Mesquita
Enviado por Teobaldo Mesquita em 30/09/2007
Código do texto: T675076
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teobaldo Mesquita
Rio Azul - Paraná - Brasil, 53 anos
94 textos (6371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 21:43)
Teobaldo Mesquita