Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>NAS REMINISCÊNECIAS*

Na memória a infância solitária
O colo materno vontade necessária
Algo incompleto deixava espaço
O vácuo, o vazio consolo grato

Criei meu mundo adolescente em cor
Plantei uma roseira não colhi a flor
Entraram sorrateiramente? Não
Olho no olho arrancaram com a mão

Não quebraram a haste criou raiz
Fortificou ergueu-se impetuosa, atriz
Representou serenidade segurança
Multiplica a alegria espalha bonança

Na caminhada, ventos fortes sopraram
A luz sempre acesa, as noites ruíram
O candelabro sempre ali de prontidão
Como sustentáculo ao amor proteção

Pra ofertar? Tesouros sem ornatos
Só meu sorriso franco sempre nato
Amor sobrando sentimento guardado
A matéria esta é lixo pra terra legado

Mote do Fórum do RL
Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 21/11/2007
Reeditado em 21/11/2007
Código do texto: T745978

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2369 textos (129108 leituras)
13 e-livros (700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:35)
Sonia Nogueira

Site do Escritor