Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JARDIM DAS ILUSÕES


JARDIM DAS ILUSÕES
Nadir A D'Onofrio
 
 
Tão fácil conceber esse jardim!
Onde as cores das flores
Mesclam-se na suavidade de seus perfumes.
Deito-me na relva dos meus sonhos
Metamorfoseada, em linda borboleta
Como aquela que sempre estás a admirar!
Suas asas de um azul profundo
Parecem refletir as cores do
Límpido céu, anil!
 
Voo... voo... voo...
De flor em flor, pousando
Cumprindo, sem consciência o sagrado
Ritual da polinização.
Quando cansada
Pouso, suavemente na flor preferida
Uma exuberante orquídea de
Tonalidade, roxo, branco e amarelo.
Quem disse que essas cores, não combinam?
 
Ali fico, em êxtase admirando,
Pétalas, sépalas, labelo.
Cujo brilho reflete, purpurina, natural!
As nuvens cumprem agora seu papel,
Depois de um dia de sol, escaldante
Despejam, sobre a terra como bênção,
Gotas de água cristalina.
Abrigo-me, sob uma grande folha
Dentro do meu sonho adormeço,
 
Só assim percebo...
Sou feita de carinho, emoção...
Vivendo para proporcionar,
Amor, ternura, alegria.
No ser... que é poeta!
Converto, sentimentos em ilusão,
Confundindo, realidade e fantasia!
 
06/08/2004
Santos-SP

Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 18/01/2005
Reeditado em 15/07/2018
Código do texto: T1849
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
948 textos (98976 leituras)
147 áudios (13482 audições)
18 e-livros (4409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/18 17:20)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor