Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu próprio reflexo de Fausto!!!

Marcelo ShytaraLira
Sampa agosto de 2011


Ah o tempo parado eu vagando pelo espaço
De meus pensamentos já passados
Revejo que meus olhos me enganaram
Trouxeram imagens irreais d’uma vida
Que deveria ter sido gerada para degustar o belo
E de barriga tão imensamente cheia
Vomitar o amor pelos cantos da boca aberta

Ah o tempo parado eu vagando pela historia
Revejo as imagens reais fotografadas por minhas lentes
Sinto que sou milenar mas minha dor é de hoje
Pois os movimentos dos homens são os mesmos
Com isso sangra meu Asceta Herege e Humilde
Coração Poeta: Que ainda se decepciona!

Ohhhhhhhhhhhhhhhh
Que monossílabo é este sempre inerente em meu ser
Enraizado no âmago de minh’Alma
Rima com outros tão disformes vocábulos
Faz-me alagar as bochechas rubras
Então escuto Ana Carolina me dizendo:
“Eu não sei parar de te olhar”...
E canta para mim que
“um vendedor de flores ensina seus filhos a escolher seus amores”
Percebo: sou o filho fossilizado nesta engrenagem viva e novamente...
Decepciono-me...

Então realizo minha viagem astral
Pelas nebulosas a fim de encontrar o Grande
Dizer-lhe que sua volta se faz necessária
Mas Ele se mudou e endereço não deixou
Volto tristonho e contemplativo:
Meu fim se deu porque como homem
Não matei em mim o que vi no gênero:

*Meu próprio reflexo de Fausto!!!

Restou-me apenas o tempo de pedir perdão
Ao meu Anjo da Ressurreição.



Marcelo ShytaraLira
Enviado por Marcelo ShytaraLira em 23/08/2011
Código do texto: T3177583

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo ShytaraLira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
33 textos (1358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/06/19 04:06)
Marcelo ShytaraLira