Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSPIRAÇÃO

Ás vezes só um pensamento
Já entreabre meu eu profundo
Devoro então, minhas dores
Engulo a dor do mundo

Desmancham-se os soluços
da alma, acende-se uma luz
O espírito se aquieta
Desço de minha cruz

A coragem me incita
Abro a porta para a rua
Já não tenho tribulações
Seduz-me o brilho da lua

Invade-me a inspiração
A caneta célere trabalha
Parece enlouquecida
Nos impulsos de minha mão
 
As palavras dançam na mente
Sofregamente, uma a uma,
Deito-as no papel
Nuas, molhadas e quentes!


Celio Govedice
Enviado por Celio Govedice em 10/03/2007
Reeditado em 18/02/2017
Código do texto: T408050
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Celio Govedice
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil
1371 textos (79176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 22:15)
Celio Govedice