Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce Tempestade

A tempestade começa denovo.
As luzes parecem piscar,
ou alterenam em parecer e não parecer.
Na verdade não se sabe o que é e o que não é,
mas tanto faz.
A história do deserto era real.
De certa forma,
o deserto de cada um são dois infinitos,
onde se perdem e se encontram medos latentes.
Por um instante parece ser só eu,
perdido entre o finito e o infinito.
Logo passa,
e o finito me parece de mais fácil compreesão.
Mas só parece,
Porque tudo continua se alternando.
Jonatas Macedo
Enviado por Jonatas Macedo em 16/03/2007
Reeditado em 24/04/2007
Código do texto: T414602

Comentários

Sobre o autor
Jonatas Macedo
Bambuí - Minas Gerais - Brasil
32 textos (897 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 05:51)
Jonatas Macedo