Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANTO TE ENCONTRO

Quantas vezes ao me deparar contigo
Sou arrastado por uma corrente de desejos e deixo me levar
Falo de desejos que ultrapassam o prazer carnal
Porque bom é ver seu sorriso tímido
Teus lábios de mel, teu olhar cativante
Quanto estou com você me sinto como num show de ilusionismo
Vejo tudo acontecer diante de meus olhos
E encantado, não consigo e nem quero questionar se é  a realidade que tanto sonhei
Você diz que gosta tanto de meu olhar
Com certeza já compreendestes que és causa do brilho que o torna belo
Meus lábios querem os teus e nossas mãos se procuram
Vontade de correr pelos campos e te conduzir por veredas de meu coração
Esfinge que te responderá aquela pergunta que fizestes
E que não cessa de  zunir em meu ser
Porque palavras não alcançam a profundidade muitas vezes do que queremos dizer acerca do que sentimos.
Ainda não sei a razão pela qual te quero tanto, mas não consigo deixar de ter querer.
Os sinais estão abertos
Você dá a entender que podemos avançar.
E eu quero.
FareloJr
Enviado por FareloJr em 08/11/2013
Código do texto: T4562571
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("de farelojr o poeta que nao quer ser compreendido"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FareloJr
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 48 anos
107 textos (12202 leituras)
6 áudios (877 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/07/19 00:26)
FareloJr