Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nao posso esquecer das flores

Para não esquecer das flores,
tenho a lembrança dos jasmins,
das camélias,
e de todos os que passaram por mim.

Para não esquecer das flores,
tenho Vivaldi e Bach,
na essencia de minha alma,
que irão com ela um dia
para onde quer que ela vá.

Para não esquecer das flores
tenho que olhar as estrelas,
os pássaros, as chuvas,
os bem-te-vis.
Tenho que cuidar dos anjos
que Deus me deu,
enquanto eu estiver por aqui.

Para não esquecer das flores,
tenho que orar pela paz.
Tenho que chorar pela beleza
que já não mais se vê
nessa vida do tanto faz.

Não posso esquecer das flores,
que viveram nessas folhas murchas,
caídas pelo chão.
Levo-as comigo em todas as horas,
São dos ventos, as vitórias
que ainda forram meu coração.
Lúcia Constantino
Enviado por Lúcia Constantino em 24/09/2017
Reeditado em 24/09/2017
Código do texto: T6123814
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lúcia Constantino
Curitiba - Paraná - Brasil
497 textos (34764 leituras)
5 áudios (873 audições)
6 e-livros (705 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:45)
Lúcia Constantino