Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ápice

Quando se faz silêncio,
Alço voos profundos
Atingindo o ápice do ser,
No mistério sem ser
O anjo sem asas

Pois, nestes instantes
Minha alma viaja
Pelo horizonte do infinito
Onde vejo o fim que fito,
Da existência do ser sem ser nada.

Nesta hora percorro,
As estradas da mente
Que beija sua boca a distância,
Em um toque mudo dos lábios
Ou será coisa da mente que mente?

Quando estou de volta à realidade,
Vejo que tudo é fantasia,
Da mente que mente sem temeridade.

Lucimar Alves

Lucimar Alves
Enviado por Lucimar Alves em 08/02/2019
Código do texto: T6569805
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lucimar Alves
Goiânia - Goiás - Brasil
2176 textos (152863 leituras)
1 áudios (89 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 04:49)
Lucimar Alves