Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NEGRO ARCANJO


Trafego imune entre a pobreza e a burguesia
Amo a aurora, a lua com sua prata me imanta
Trago nas mãos acalanto e uma lamina fria
Água, vento e sol alimentam-me feito  planta

Lanço flechas, versos letais e indiscretos
Dardos poéticos cheios de amor e agonia
Tenho vestes cor das ruas e seus concretos
Espadas afiadas, a palavra e a poesia

Sou anjo torto, negro arcanjo
Em meio a lama do mundo
Ser alado, sem asas e sem arranjo
A flor de lótus do submundo.
Hedonico
Enviado por Hedonico em 18/09/2007
Código do texto: T658354
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hedonico
Salvador - Bahia - Brasil, 47 anos
1128 textos (33125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 11:28)
Hedonico