Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nuances - A dualidade do ser - LXVI

Despreocupa-te
que de ti desejo
apenas o seu celeste
azul e um pouco
demasiado de seus
ecos,

até porque
no meu céu
não cabem
paraísos sem asas,
tampouco moedas frias;

sê para mim
apenas quem
tu és, pois a mim
isso inexoravelmente
me basta,

sou nuvem,
sou sonho

e no meu céu
não cabem úlceras...
Luz de Cristal
Enviado por Luz de Cristal em 25/09/2019
Código do texto: T6753845
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luz de Cristal
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
2776 textos (72293 leituras)
1 e-livros (230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 00:37)
Luz de Cristal