Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Defecando

Defecando.
Por: Guido campos

Defeco o pensamento que veio como um feto.
Escorre pelo rabo, o asco que sinto, e me sinto aliviado.
Têm um cheiro horrível...
Essa sociedade no fundo desta água, protegida pela carniça da desigualdade.
Coragem que se torna refém, no discursos dos soldados do além.
Aperto e ela vai...vai...se vai.
Roda, roda, e entope, era forte.
Um cheiro forte, sentimento forte.
Um corte no tempo e espaço.
Me falado olhando fixo para o vazio  e escuro vago.
As impurezas estão ali, lá, aqui...
Círculos infinitos de um mundo sem juízo.
Esmagando, abafando, afogado pelo desentupidor.
Com a merda se vai o passado e a minha dor.

guido campos
Enviado por guido campos em 18/10/2019
Código do texto: T6772788
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
guido campos
Taubaté - São Paulo - Brasil
450 textos (55334 leituras)
1 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 01:10)
guido campos