Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAL ME QUER!

O sepulcro que insultas
Guarda-me em memória
Por toda eternidade até que se acabe
O meu corpo cinzento
Querido pelos vermes
Mas ainda odiado pelos inimigos
Rasgando maldizeres póstumos

O gosto cadavérico dos ares onde habito
Tem o mesmo sabor das suas injurias
Insultas não a mim
Mas a própria morte
O barqueiro em pessoa
Que nunca perde uma viagem

A treva que abriga todos os temores
Cobre seu corpo
Como um véu mórbido e derradeiro
Lambendo a tua pele tépida
Como se a própria foice o fosse


[rh.10.10.07.00:20]
Ricardo Henrique
Enviado por Ricardo Henrique em 11/10/2007
Código do texto: T689415
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Henrique
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
137 textos (14523 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 16:17)
Ricardo Henrique