Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escala da escrita

Escala da escrita

Se foge a forma concisa e permanente
È porque não se fala quando se sente:
Sentimentos são arcos voltaicos
Muitos intensos e fatais por alguns instantes
E contínuos quando não sentidos.

Escrevo irrestritamente a liberdade
Que horas prende na ambigüidade
Hora sofre o descontrole
Mas sempre dita a descontinuidade.

Enferrujam os dedos lascivos de letras
Lacaios que são abandonam a sina
Apenas registram sinais em lapsos
Deixados para trás no caminho perceptivo.

O biorritmo da escrita tem consoantes mudas
Pois elas são os verdadeiros sentimentos
Das vogais apenas somos interjeições
Em máscaras de cinco letras.

A escada parece subir
Mas letras também descem.
Para onde ir nem sempre importa
Mas o andar é que determina.

                 Lorenzo
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 15/10/2007
Código do texto: T694693
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1839 textos (51486 leituras)
1 áudios (2458 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 08:08)
Lorenzo Giuliano Ferrari