Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A espera de Adélia...

Ontem, enquanto eu sonhava
Somente o cabelo chovia
O sol pelo céu caminhava
Enquanto eu nem percebia

Seu vestido vermelho sem pressa
E na boca um contorno carmim
Eu corria atrás da conversa
Numa estrada que não tinha fim

Era meu todo o olhar de espanto
E a  luz que banhava os seus pés
Clariando meus passos enquanto
Você vinha, era vinte pras dez...

já não tinha garrafas, garranchos
Candelabros, salivas e selos
Se arrastaram acenos e apelos
No horizonte, deixados no mar...

Era tanto o meu tanto de água
E tão pouco o meu tempo de estar
Que o tempo me deu uma trégua
E uma vela e valeu navegar...
Hélio Pequeno
Enviado por Hélio Pequeno em 18/10/2007
Reeditado em 31/07/2010
Código do texto: T699658

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hélio Pequeno
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
384 textos (14249 leituras)
8 áudios (283 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:19)
Hélio Pequeno