Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PhoeDelixTa

Meu bofe é másculo e mau
Macho como Lúcio Flávio
Meu homem é grande e peludo
Nem liga pra camisa que usa
Veste pano de cortina

Fede o bafo e o colarinho amarelo
De cachaça, fala de lado
Num eterno palitar de dentes
Com carnes de segunda

Meu preto se espalha na cama
E ronca feito um motor de fusca 67
Me roça a barba e me pega de jeito
Acorda lendo "O Povo" e
Vai pra rua pegar balão
De festa de São João
Flame eyes
Enviado por Flame eyes em 23/10/2007
Código do texto: T706777

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mahyná Cendon http://kreonte.blogspot.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flame eyes
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
56 textos (2343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 14:00)
Flame eyes