Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM JÁ CHEGOU AMANHÃ


Meus ouvidos estão surdos
não escutam a música dos cometas

movem-se os clarões mais puros
na dança eufórica dos planetas

O jornal sempre diz:
a cidade não dorme jamais

meu sonho de aprendiz
recomeçará agora em tempos finais

movem-se nas florestas
misteriosos animais

imaginárias cantigas e serestas
reveladas viagens e vendavais

minha lembrança renasce
na mágica calmaria do mar

se uma estrela cadente cantasse
seria a mais linda melodia pra se amar

meu futuro está na confluência do tempo perdido
meu castigo é a consciência do amor esquecido

surgirão novos sonhos, novas sensações
nas texturas das massas interplanetárias
novas emoções
realizações
comunhões
clarões
ações
... óperas em transições!




Wildon
29/08/2006
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 29/08/2006
Código do texto: T228319
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
276 textos (18059 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/21 21:14)
WILDON LOPES

Site do Escritor