Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte



Nós morremos a cada instante em que vivemos,
Mas não morremos de maneira igual,
Uns morrem mais, outros menos,
Depende da angustia, da melancolia, de tudo o que carregamos dentro de nós
Depende do quanto gostamos e cuidamos de nós,
Depende do quanto cuidamos e gostamos dos outros
E depende, também, do quanto cuidam, se cuidam, da gente.
A morte virá, e esta é a única certeza que ainda temos
Mas na verdade, a certeza não é esta, mas sim a de que a morte já esta aqui,
Ela não apenas nos ronda,
Como ela já faz parte de nós,
E trabalha conosco a cada milésimo de segundo.
Trabalha em nós.
Trabalha em seu objetivo
Que é nossa degradação
Sua função maior é a decadência e a falência de cada
Átomo pertencente a todo organismo que possua vida.
Ela vem até nós de modo frio e vil
De forma clara e mordaz,
Quando nos leva alguém,
É quando nos mostra sua face,
Em que dor e sofrimento é só o que existe.
Algumas vezes nos surpreende,
E sem ter valor o tempo que levaríamos, ainda,
Para perecer
Com sua crueldade nos dilacera o cerne,
E nos leva para onde não sabemos
E nos tira finalmente a vida.
Cristiane Dias Ferreira
Enviado por Cristiane Dias Ferreira em 10/10/2007
Código do texto: T688320
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristiane Dias Ferreira
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 33 anos
23 textos (1179 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:44)
Cristiane Dias Ferreira