Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

consumidores

somos consumidores
por mais que pareça o contrário
somos como o otário
que nasce, come e cresce
depois vê que nada acontece
resigna-se e desaparece

já viu uma nota amassada
depois de ser muito usada?
ela reduz de tamanho

não adianta o seu ganho
ou todo o nome que tem
ou mesmo o que praticou
tudo o que você deixou
foi só o que consumiu
e quem por acaso o aplaudiu
também foi um consumidor

consuma-se o ato de amor
o pranto da dor, o Bom-Bril
e o que se tiver que pensar

nada há de modificar
essa fatal condição
quanto é a consumação?

a água que bebe
o ar que respira
o suor que transpira
quanto que deve

             
Rio, 21/11/2007
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 03/12/2007
Código do texto: T763644

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6831 textos (148048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 13:03)