Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou um homem do campo , humilde e falo o que sinto e não posso parar, pois o tempo passa , não espera e não volta jamais. No campo trabalho de sol á sol esperando a chuva para a semente plantar. Planto na Terra para o sustento das pessoas e o País ajudar...mas só tenho um receio de alguém querer tomar, pois os desonestos estão em todo lugar , mas Deus me abençoou e vou plantar...colher e ajudar. As vêzes a natureza traz sofrimentos e dor, mas mesmo assim confio em nosso Senhor. Vou seguindo meu destino plantando e sonhando com meu cultivo e Deus abençoando. Vou recuperando os antigos valores do homem do campo que hoje não quer falar de fome, problemas e dor. Fico a imaginar pessoas querendo vencer na vida sem se importar com seus semelhantes e derrubar...pois dessas pessoas, não quero mais falar. Existem sim...pessoas mais prósperas que outras...e não se trata de injustiças e sim pelos próprios méritos. Procuro prosperar sem tirar de outrém, pois o próprio universo...da á oportunidade e capacidade á cada um de nós. Eu venho de campos, subúrbios e vilas e aprendi o vocabulário do homem do campo e por isto vou falar, equilibrando meus pensamentos e mantendo a presença de Deus para comigo ficar...pois o trabalho me enobrece e feliz vou continuar. Agradeço aos irmãos do campo e juntos vamos trilhando nossos caminhos e levando dos campos e solos tão ricos e belos nossa alimentação para o sustento da Nação. Com a Terra adubada e semente plantada ...espero germinar e renascer em seu coração, pois também sou responsável.  Sidnei Piedade.  

sidnei piedade
Enviado por sidnei piedade em 28/09/2008
Reeditado em 26/03/2009
Código do texto: T1201257


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
sidnei piedade
Assis - São Paulo - Brasil, 67 anos
719 textos (27573 leituras)
241 e-livros (34778 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/05/21 06:08)
sidnei piedade

Site do Escritor